HTTPS, protocolo de navegação na internet.

HTTP, apesar de ter sido usado durante muito tempo é considerado inseguro e por esse motivo está sendo substituído pelo HTTPS.

O Google, em fevereiro deste ano (2018), já havia revelado uma nova versão estável do Google Chrome que seria lançada em julho e passaria a avisar todo site HTTP como sendo não seguro para o usuário.

O Chrome e outros navegadores passaram a usar essa medida como padrão.

A razão para tal procedimento é o aumento na adoção do HTTPS, justo pela disponibilidade de certificados SSL/TLS gratuitos pela maioria das empresas de hospedagem.

Para quem não está iterado no assunto,  HTTPS/HTTP é um protocolo de navegação na internet, o protocolo é necessário para que possam navegar por sites e páginas na rede.

O HTTP, mesmo sendo popular por todo este tempo, é considerado inseguro e por isso está sendo substituído pelo HTTPS.

Por usar criptografia, o HTTPS é mais seguro em relação as trocas de informações entre usuários e site, e assim evitando possíveis roubos de dados na rede.

O Chrome 68 é a primeira versão estável que começou a implementar as medidas de segurança. Isso fez com que o número de sites migrados para o padrão SSL/HTTPS aumentassem consideravelmente este ano.

Devido a grande quantidade de usuários de internet que usam o Chrome, ninguém vai querer ver o seu site como não seguro.

Lembrando também que sites que utilizam HTTPS, que não forem configurados corretamente, correm o risco de receberem o aviso, assim como para as páginas que não redirecionarem automaticamente o usuário para a página HTTPS, caso ele acesse a versão HTTP do seu site.

Sabendo de tudo isso, vale à pena dar uma atenção especial a seus sites e migrá-los o quanto antes para HTTPS.

Enfim, vale à pena também dar uma pesquisada por SSL grátisLet’s Encrypt